Notícias GTPS
01.10.2021

Tendências da alimentação no futuro é tema de painel com presença do GTPS

‘Alimentos do Futuro e os Impactos para o Agronegócio: da origem dos produtos até o consumidor final’ foi tema do painel que contou a presença da Mesa Brasileira de Pecuária Sustentável (GTPS) no Agro Experience. A gerente executiva Luiza Bruscato falou sobre o assunto ao lado de representantes da Marfrig, do IFood e pesquisador da Universidade de São Paulo (USP).

A conversa começou com uma reflexão sobre o processo de tomada de decisão de compra pelo consumidor com o Prof. Eduardo Spers. Ele atua no Departamento de Economia, Administração e Sociologia, coordena o Grupo de Extensão MarkEsalq no campus da USP/Esalq e tem projetos voltados ao marketing no agronegócio.

“A decisão de compra do alimento não é apenas racional, mas também emocional. A gente não compra um alimento, a gente compra atributos, esses atributos estão ligados a consequências e essas consequências estão ligadas a valores. Essa questão dos valores tende a ser cada vez mais demandada pelos consumidores e, por consequência, explorada pelas empresas”, destacou Spers.

Luiza Bruscato aproveitou o gancho para falar sobre as percepções do GTPS com relação às tendências de consumo da carne bovina. “O consumidor não está apenas adquirindo uma carne bovina, ele já passa a querer entender a origem daquele alimento, se foi feito levando em conta princípios de responsabilidade ambiental e social, se respeitou as boas práticas de produção, se tem rastreabilidade… são diversos atributos que estão sendo cada mais considerados no momento da escolha da compra”, explicou.

Ainda de acordo com a gerente executiva, a proteína brasileira tem potencial para atender aos anseios do consumidor. “Os atributos que os Estados Unidos colocam como sendo de uma carne sustentável são exatamente o que a gente já tem aqui, como a questão da pecuária extensiva e as emissões de carbono. Claro que ainda podemos melhorar muito no que diz respeito à sustentabilidade, mas também precisamos comunicar melhor o que já temos”, esclareceu.

OUTROS PARTICIPANTES

O head de sustentabilidade do IFood, André Borges, apontou que é perceptível para a empresa que o número de consumidores preocupados com a origem do alimento está crescendo. “Vemos que o a procura está aumentando e, consequentemente, os restaurantes estão sendo obrigados a oferecer opções para esse público”, comentou.

John Pinto, CEO da PlantPlus Foods – linha de proteínas com base totalmente vegetal da Marfrig – falou sobre os produtos da marca e os desafios para incentivar a experimentação desse tipo de alimento e a inserção dele nos lares brasileiros. “Não queremos criar nenhum tipo de competição com a proteína animal, mas sim dar mais opções aos consumidores”, disse.

O EVENTO

O painel fez parte do Agro Experience 2021, evento totalmente digital e gratuito realizado entre os dias 28 e 30 de setembro. Com mais de 30 palestrantes e 40 horas de conteúdo, os temas fizeram de uma abordagem 360° do agronegócio, tanto com foco na situação atual quanto pensando nos desafios do futuro.

Além do apoio do GTPS, a segunda edição do Agro Experience também tem como parceiros ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio), ANDAV (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários), CNC (Conselho Nacional do Café), SRB (Sociedade Rural Brasileira) e Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite).

Comunicação GTPS

Flávia Feris

comunicacao@gtps.org.br

+55 (11) 98945-5217