GTPS na mídia
24.10.22

Fórum da Pecuária Sustentável abrirá o Universo Pecuária

As tendências globais de sustentabilidade para a produção de carne bovina e as emissões de gases causadores do efeito estufa (GEE) e o balanço de carbono em sistemas agropecuários estão entre os temas que serão discutidos durante o Fórum da Pecuária Sustentável, que abrirá as atividades do primeiro dia do Universo Pecuária (UP) – Futuro, Negócios e Sustentabilidade, de Lavras do Sul (RS).

O fórum é uma promoção do GTPS – Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável e ocorrerá no dia 1º de novembro, na Arena do Conhecimento do Parque de Exposições Olavo de Almeida Macedo, do Sindicato Rural de Lavras do Sul, que promove o UP junto com a Prefeitura de Lavras do Sul.

A abertura oficial ocorrerá às 9h, com autoridades e representantes de entidades correalizadoras do evento. Às 9h50min, será realizado o painel “Campo em Debate”, com mediação da jornalista Gisele Loeblein, do Grupo GZH. Às 10h, Maurício Palma Nogueira, do Rally da Pecuária, fará a palestra “Brasil, o país da pecuária sustentável”, e, às 10h50min, a gerente executiva do GTPS, Luiza Bruscato, falará sobre “Tendências globais de sustentabilidade para a produção de carne bovina”.

Às 14h, será a vez do painel “Clima”, com mediação de Fernanda Cordeiro, da Minerva Foods, e da palestra “Emissões e balanço de carbono em sistemas agropecuários”, com a pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul Teresa Cristina Genro. Às 14h15min, haverá uma plenária com o secretário da Agricultura, Domingos Velho Lopes. Às 15h, terá outro painel “Terra”, desta vez com mediação do especialista em pecuária sustentável Rafael Bonatto, da TNC Brasil. Às 15h30min, Aécio Flores, da ABCAR, palestra sobre “Mudança de uso da terra, conservação da biodiversidade e rastreabilidade”. A secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kaufmann, participa de uma plenária às 16h15min.

Luiza Bruscato, gerente executiva do GTPS, lembra que vários países já desmataram suas florestas e o Brasil tem a oportunidade de produzir com sustentabilidade e rentabilidade para o produtor. E os pecuaristas da Região Sul, onde o gado é criado a pasto, no Bioma Pampa, tem esse diferencial, já que estudos mostram que a vegetação que alimenta os animais mais fixa do que elimina carbono para o ambiente. “Mas é preciso avançar com a ciência e outras pesquisas”, enfatiza.

O Universo Pecuária – O evento, que será realizado de 1º a 6 de novembro, tem apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa (Sebrae-RS), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RS), da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) e da Cooperativa Tritícola Caçapavana (Cotrisul). É baseado em quatro eixos – “Negócios, finanças verdes e sustentabilidade”, “Educação, cultura e turismo”, “Ciência tecnologia e inovação” e “Políticas, projetos e investimentos”.

Comunicação GTPS

comunicacao@gtps.org.br
+55 (11) 98945-5217