GTPS na mídia
30.03.2021

Caio Penido: Ernesto Araújo não percebeu oportunidades ambientais para o Brasil

O presidente do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) e do Instituto Mato-Grossense de Carne (Imac), o pecuarista Caio Penido, disse que faltou ao ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo “a percepção das oportunidades para o Brasil na tendência de uma economia mundial verde”.

Araújo deixou o cargo nesta segunda-feira, 29, após pressão do Congresso Nacional, sobretudo no Senado, e reunião com o presidente Jair Bolsonaro. O substituto dele no Itamaraty foi anunciado há pouco pelo governo e será o atual embaixador em Paris, Carlos Alberto Franco França.

Penido continuou, lembrando ao Broadcast Agro que o Brasil “é o player mais importante para a questão das mudanças climáticas”. “Somos a maior biodiversidade do planeta por nossos estoques florestais tropicais conservados, além de detentores de sistemas produtivos eficientes e de baixas emissões de gases do efeito estufa”, acrescentou.

O dirigente do setor pecuário assinalou ainda que faltou ao ex-titular do Itamaraty “estar mais alinhado com a China, principal comprador de alimentos que poderá em breve também consumir nossos serviços ambientais e crédito de carbono”, acrescentou. “É preciso que o Itamaraty reconheça, cada vez mais, a vocação de potência agroambiental que o País tem.”

Comunicação GTPS

Paulo Zappa

comunicacao@gtps.org.br

+55 (11) 98945-5217