Projeto Biomas

Local

Sobre a iniciativa

Valor investido
R$22 milhões
Adesão
Restrito
Sistema de avaliação
  • Não adota
  • Transparência
  • Relatórios em website
  • Relatórios ou resumos públicos
  • O Projeto Biomas, fruto de uma parceria entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é uma iniciativa inédita no Brasil e tem como objetivo identificar formas sustentáveis para recuperação e restauração da vegetação original da propriedade.

    Com 11 anos de duração, até 2020, o projeto de pesquisa se propôs a testar e apresentar novas tecnologias para a inserção da árvore na propriedade rural com o propósito de garantir a sua diversificação, assim como para contribuir com o aprimoramento da legislação ambiental, levando em conta as peculiaridades dos seis biomas brasileiros.

    Em síntese, o Projeto Biomas buscou respostas para duas questões:

    1. Como o produtor rural pode usar a árvore na sua propriedade para obter retornos ambientais e econômicos, tanto na preservação das diferentes paisagens em cada bioma assim como em sistemas produtivos sustentáveis?
    2. Como subsidiar cientificamente o aprimoramento da legislação ambiental, especialmente, nos assuntos relacionados à Área de Preservação Permanente (APP) e Área de Reserva Legal (ARL), constante no Código Florestal Brasileiro?

    Para responder a estas perguntas, o Projeto Biomas testou modelos variados e adaptados às finalidades de diversas unidades de paisagens de uma propriedade, como modelos de recomposição de Reserva Legal associando espécies nativas e exóticas; modelos de adequação ambiental em áreas degradadas; modelos de sistemas produtivos envolvendo o componente arbóreo, entre outros. Para abranger este nível de complexidade e especificidade local, o Projeto contou com uma Unidade Experimental em cada um dos seis biomas brasileiros.

    O Projeto Biomas conta com o atual apoio do BNDES, mas também foi apoiado por instituições como o SEBRAE, John Deere, Vale e Monsanto. Envolveu 330 pesquisadores, 69 estagiários e 122 Instituições de pesquisa e extensão. Os resultados dessas pesquisas estão contribuindo com a discussão acerca da Adequação Ambiental das propriedades rurais que são exigidas em função da aplicação do Código Florestal Brasileiro e que venham a ser integradas nas diretrizes dos Programas de Regularização Ambiental das propriedades com passivos ambientais.

    Atualmente, uma importante iniciativa decorrente do Projeto Biomas está sendo desenvolvida na forma de um projeto piloto testado no estado do Amazonas. O projeto, denominado P.R.A VALER, se propõe a apresentar um modelo simplificado de Programa de Regularização Ambiental (PRA), viável tecnicamente e com segurança jurídica, e criado a partir da convergência entre todos os atores envolvidos no processo de regularização ambiental, inserindo o setor produtivo na discussão e no próprio processo de regularização. As soluções de adequação ambiental, chanceladas pela pesquisa realizada pela EMBRAPA  e pelas demais instituições de pesquisa na região, serão disponibilizadas aos produtores. Para isso, a assistência técnica terá relevante importância e será garantida tanto pelo estado como pelo SENAR/AM, que possui a capilaridade e recursos para transformar o conhecimento científico em conhecimento prático para o produtor.

    Principais números

    Número de pesquisadores envolvidos
    330 pesquisadores
    Número de beneficiados em cursos a distância e presenciais
    13 mil beneficiados em cursos oferecidos pelo Biomas na forma de Ensino a Distância (EaD) do Senar; 3 mil beneficiados em cursos presenciais.
    Número de Instituições de pesquisa e extensão
    122 Instituições
    Número de pesquisas realizadas
    100, nos 6 biomas brasileiros em 10 anos de pesquisa
    Quantidade de árvores plantadas em adequação ambiental e modelos de uso econômico
    100 mil mudas plantadas
    Quantidade de sementes semeadas em adequação ambiental
    1 milhão de sementes plantadas

    Principais Parceiros

    CNA
    Executor
    EMBRAPA
    Executor
    SENAR
    Parceiro
    BNDES
    Financiador
    John Deere
    Parceiro
    Vale
    Parceiro
    Monsanto
    Parceiro
    SEBRAE
    Parceiro

    Veja também

    * Toda informação prestada no site é validada e atualizada periodicamente com o responsável pela iniciativa. O GTPS não se responsabiliza pela veracidade das informações.