Palestra do GTPS na InterCorte convida produtores a compor parcerias de desenvolvimento regional

Palestra do GTPS na InterCorte convida produtores a compor parcerias de desenvolvimento regional

20160616102320ENrn3bR6oPA edição da InterCorte em Ji-Paraná (RO), realizada entre 12 e 13 de junho, contou com a participação do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS). Na ocasião, a Coordenadora Executiva do Grupo, Beatriz Domeniconi, concedeu uma palestra intitulada “A atuação do GTPS na cadeia de valor da Pecuária”.

O objetivo foi apresentar o trabalho realizado pela entidade, com foco no Manual de Práticas e no Guia de Indicadores da Pecuária Sustentável (GIPS), ferramentas utilizadas para o desenvolvimento sustentável da atividade pecuária. Além disso, a profissional abordou os benefícios do Mapa de Iniciativas da Pecuária Sustentável e fez um convite para produtores, empresas e técnicos para compor parcerias de desenvolvimento regional.

O Manual, disponível no site do GTPS, é um compêndio de tecnologias testadas em diferentes sistemas de produção e tem como finalidade ser uma ferramenta de apoio para produtores e técnicos na tomada de decisão. O GIPS, por sua vez, é uma ferramenta de autoavaliação para que cada elo da cadeia possa medir sua contribuição na busca pela sustentabilidade e, assim, estabelecer um processo de melhoria contínua. Agora, o Grupo está trabalhando no desenvolvimento de uma plataforma online que seja amigável para disseminar o uso do Guia.

O Mapa de Iniciativas destaca o local das ações sustentável em andamento no país, além de informações como quem são os executores, os parceiros, a área total, o número de rebanho, o investimento, os municípios de abrangência, o ponto focal e um breve resumo da iniciativa. Os produtores podem cadastrar suas iniciativas sustentáveis preenchendo um formulário no site do GTPS.

“O GTPS é parceiro de todas as edições da InterCorte e, para nós, é de extrema importância participar de eventos como esse, que promovem interação e troca de conhecimento entre pequenos e grandes pecuaristas brasileiros. Nosso objetivo é debater e formular princípios, práticas e padrões a serem adotados pelo setor que contribuem para o desenvolvimento sustentável da pecuária, socialmente justa, ambientalmente correta e economicamente viável”, destaca Beatriz.

By | 2017-08-30T12:16:00+00:00 julho 19th, 2017|Notícias|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment