Em defesa do clima, representantes de 195 países aprovaram um acordo global

Em defesa do clima, representantes de 195 países aprovaram um acordo global

Assinatura do marco encerra a vigésima primeira edição da Conferência das Partes (COP21)

unnamed

No último dia da vigésima primeira edição da Conferência das Partes (COP), representantes de 195 países aprovaram um acordo global tido como histórico. Inédito, o pacto tem como objetivo nortear o combate ao aquecimento global nas próximas décadas.

Veja, abaixo, os principais pontos do acordo:

– Países devem trabalhar para que aquecimento fique muito abaixo de 2ºC, buscando limitá-lo a 1,5ºC
– Países ricos devem garantir financiamento de US$ 100 bilhões por ano
– Não há menção à porcentagem de corte de emissão de gases-estufa necessária
– Texto não determina quando emissões precisam parar de subir
– Acordo deve ser revisto a cada 5 anos

Para o presidente do GTPS, Fernando Sampaio, “a pecuária é uma atividade que pode contribuir significativamente para as metas de desenvolvimento determinadas pelas Nações Unidas. Queremos promover um debate construtivo sobre como a pecuária pode auxiliar o governo brasileiro no alcance das metas estabelecidas”.

Acesse o acordo, na íntegra, clicando aqui.

GTPS na COP21

Presente na primeira semana da COP21, o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS)  lançou o “Brazilian Livestock and its Contribution to Sustainable Development”. O objetivo do documento, construído em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), é divulgar os avanços da pecuária brasileira, reunir as informações mais atualizadas sobre os desafios da sustentabilidade relacionados com a atividade, além de organizar estas informações como uma forma de promover um debate aberto e construtivo sobre as questões transversais do setor.

De acordo com Sampaio, “o desenvolvimento e a conclusão do Position Paper demonstram o amadurecimento do GTPS como um grupo que reúne todos os elos da cadeia de valor da pecuária”.

By | 2017-08-30T15:46:08+00:00 dezembro 14th, 2015|Notícias|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment